quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Simples percepção!

Uma analise comportamental que me veio em pensamentos vagos, entre um trabalho e outro, me fez pensar em um ponto chave para a felicidade de um relacionamento. É claro, que todos os pré-requisitos que conhecemos, etc e tal devem ser preenchidos para entender isso. O que eu quero dizer com isso é que você já deve estar com um certo envolvimento com a pessoa, você já deve estar se entendendo com esta pessoa para poder entender a minha simples analise comportamental. Quando tudo parece estar perfeito, o romance cai na rotina ou torna-se cansativo para uma das partes! Para piorar pode torna-se avassalador para outra parte e isso provoca o chamado desequilibrio subjetivo descompensado [muito medo]!
nota: Eu inventei o Desequilíbrio Subjetivo Descompensado!

Você ou a pessoa que está com você acaba tornando-se o verdadeiro pé no saco e ai, ai não tem mais jeito! The End, fim de jogo, a casa caiu! Como previnir? Como evitar? Como não sufocar uma pessoa em um relacionamento?!

Subjetivo demais para que eu possa responder isso, pois cada indivíduo possui os seus limites!
Mas a minha intenção é puxar esse enfoque!
Nunca fiz essa interposição de perguntas aos meus leitores, gostaria de saber o que vocês fariam!
No próximo post eu coloco como eu amadureci nesse ponto de vista, e quais foram os métodos utilizados por mim para com os meus relacionamentos!

Beijo a todos!

2 comentários:

~{★daniєlvictσя} disse...

Claro que lembro de vc, Sr. Ryan!
hahahhaha

Acabei de postar em meu blog, vou aproveitar e te add tb!
;D

Quanto ao seu post, eu não posso dizer muito ainda. Meu relacionamento ainda é muito recente, e, graças a Deus, ainda não caímos na rotina, e nem espero que caia! hahahahahha

Quem sabe, um dia, eu volte aqui pra lhe responder isso?
haha

Um abraço, Dan Victor.

Caio Abreu disse...

Não entendo essa necessidade que algumas pessoas tem de amor eterno. Um relacionamento é mais do que a paixão e o desejo sexual de um para o outro. Paixão tem prazo de validade sim seja 2, 5, 10 anos... um dia ela acaba. É normal que acabe. E o que fica? O companheirismo, a cumplicidade, o ainda querer ficar junto e compartilhar coisas e planos. Aprendi isso. Paixao avassalodora que faz o coração saltar pela boca tem prazo de validade. Cumplicidade e companheirismo, nao.

Postar um comentário

Sua opnião ajuda a formar a minha opnião! Pense nisso...

Pesquisa personalizada