segunda-feira, 27 de abril de 2009

Falando com os meus botões...


Sempre postei textos com atualidades, criticas e outras coisas do cotidiano. Mas agora acho que estou fazendo jus o título do meu blog! Notícias do MEU mundo. Ando falando apenas sobre os meus sentimentos ou eventos relacionados diretamente com a minha pessoa ou com amigos. Calma gente, não é egoísmo! Não sou um egocêntrico narciso. Estou em evidência neste período da minha vida... [viva a desalienação]. Estou em estado probatório, ou seja, quase voltando a minha normalidade [alienação]. Obvio caros amigos, se faz necessário ser alienado ou então enlouqueça! Inteligente é aquele que se faz de desentendido, não se esqueça disso. Aproveitem a dica do dia hahaha.

Agora vamos falar sobre o caso em epígrafe, Ryan Zamperlini.

Que tal ser mau? Existe alguma maneira de ser mau com bons atos? Olha, eu não me considero uma pessoa má até que pisem no meu calo. Sou totalmente frio quando isso acontece e não economizo atos para resolver os meus problemas. Aquele que quiser bater de frente comigo as portas estão abertas [hahaha, viva ao meu blog, viva a minha válvula de escape]. Sou observador, sempre reservado em busca dos possíveis temperamentos comportamentais em determinadas situações. Essa semana eu troquei a minha mensagem pessoal do msn, o que gerou um rebuliço entre os meus “colegas”. Coloquei a palavra Sinceridade! Isso me ensinou o quanto ser precipitado afeta nas reações comportamentais das pessoas. Algumas várias pessoas vieram falar a respeito do porque da palavra o que me surpreendeu. Testem vocês também e de cara irão perceber algumas reações atípicas a essa palavra. Acontece que quando alguém lê uma palavra desse tipo produz uma associação a sua própria personalidade e experiência de vida. Se essa pessoa que leu se sentir incomodada ela irá lhe perguntar o porque da palavra [cuidado] ou então irá comentar. Se comentar elogiando [fique tranqüilo], caso contrário cuidado com essa pessoa. Gostaram?

Enfim, estudo princípios psicológicos ok? É, sou estudante de Direito mas gosto de psicologia e tenho certeza absoluta que ainda serei psicólogo. Nem que seja um psicólogo judiciário [existe sim u.ú].
Botões, acabo de cortar minha linha de raciocínio! Boa noite a todos...

9 comentários:

Daniel Savio disse...

Bem, já fiz algo parecido, mas era no estilo "que o mundo vá para o inferno, pois não me chamo Raimundo"...

Hua, kkk, ha, ha, brincadeira com um fundo de verdade.

Mas cada um tem a sua conciência (ou não), pois não ligue com a reação do pessoal, apenas a sua reação perante as situações da vida.

Fique com Deus, menino Ryan.
Um abraço.

Daniel Savio disse...

Trabalho embarcado, sendo que geralmente vou para sondas de perfuração (que fazem o poço propriamente dito), ou sonda de completação (que equipam para o poço produzir).

Fique com Deus, menino Ryan.
Um abraço.

Nathália Monte ;D disse...

"ser precipitado afeta nas reações comportamentais das pessoas" é verdade..
e vida pra frente chuchu!!
beijO

Atreyu disse...

Sempre fui precipitado e isso em relação a muitas coisas... é horrível! Mas sou impulsivo d+ às vezes.

Reposta para seu comentário =|
*Eu digo que preciso a ouvir logo*

Caio Abreu disse...

Também sou um apaixonado por psicologia e nunca achei que fosse precisar dela no jornalismo ou no marketing político mas me surpreendo sempre com o comportamento da massa e a relação de amor e ódio com os políticos.

Boa semana pra vc!
Abçs

Ray Siq disse...

Oiii

obrigada por ter passado lá.
e que bom que gostou, claro que pode linkar!!!
rsrs

tb adorei o seu

bjooooo

Renan Barreto disse...

Cara, olha o seguinte. As pessoas são doidas por nascença. Cheguei a essa conclusão que não foi muito dificil não. Cada um de nós temos hábitos e costumes tão absurdos, manias estranhas e conceitos de vidas tão diferentes que tudo o que se diferencia de nós é estranho. Penso que temos que ser assim mesmo, maluco, doido... Bem eu sou bastante. rsrs Eu acho que sinceridade é ótimo, mas ela feita de bom modo, pois ela vive na linha da verdade e da falta de educação.

E fale de você mesmo. O blog não é pra isso? Então? O que vc comeu hoje mesmo? rsrs

Valeu!!!

Abração!

Polêmica disse...

Eu não entendo nada de psicologia, mas pelo que você escreveu eu acho que isso eu entendi, rsrsrs..na minha caixinha de comentários, eu deixo uma mensagem dizendo que eu não quero brigas no meu blog (não exatamente com essas palavras)...a maioria das pessoas nem liga, mas de vez em quando me aparece um engraçadinho reclamando do que eu escrevi, aposto que ele se incomodou porque ele veio no meu blog para brigar mesmo, rsrs...
Mas eu nem me importo, eu simplesmente ignoro, se o blog é meu, será que eu não tenho direito de publicar os comentários que eu bem entender?
Né? rsrs.

Beijos

Bertonie disse...

Gostei desse conceito de SINCERIDADE. haha'
É um bom truque, hm.
E as vezes é preciso ser frio e calculista sim, afinal vivemos numa sociedade aonde tudo é concorrido, e inimigos não trocam flores.
abraços

Postar um comentário

Sua opnião ajuda a formar a minha opnião! Pense nisso...

Pesquisa personalizada