segunda-feira, 6 de outubro de 2008

Parasitas

Quero deixar claro aos meus leitores que amo analogias. Sempre que tenho idéias inusitadas, elas aparecem de forma análoga. Ontem estava pensando em um tema complicado denominado amizade. A amizade é subjetiva por mais que se tenha um parâmetro do senso comum. O fato é que o significado de amizade para você está em desacordo do que é ser amigo para mim. Observei a sociedade em que estamos inseridos e vi um fenômeno cruel, mas atual. Parasitismo! Sim caro amigo, parasitismo. As relações entre vivos estão cheias, carregadas, lotadas de parasitismos! Confesso que estou decepcionado em chegar a essa conclusão pois ainda vivo no País das Maravilhas... Alice que me ajude a entender que tudo não passa de um sonho. Vamos começar entendendo o que é um parasita e como funciona o parasitismo.

“Parasitas são organismos que vivem em associação com outros aos quais retiram os meios para a sua sobrevivência, normalmente prejudicando o organismo hospedeiro, em um processo conhecido por parasitismo”.

Entenda a minha analogia: Vivemos em associação um com o outro, mas necessariamente necessitamos de retirar algo dos companheiros para sobreviver? E o pior, prejudicando o próximo! Calma lá! Não seria mais interessante oferecermos seja lá o que for, já que o fato é o parasitismo e não o objeto do “parasitismo” sem esse maldito processo de escambo? Infelizmente temos pessoas ao nosso derredor que só querem retirar o que possuímos de bom para se satisfazer. Seja um sentimento, seja um objeto, sejam as regalias proporcionadas, seja o que for! Reafirmo que o que importa é o processo de parasitismo e não o objeto do mesmo.

“O efeito de um parasita no hospedeiro pode ser mínimo, sem lhe afetar as funções vitais, mas em muitos casos, o parasita pode ter-se reproduzido e disseminado os seus descendentes, que podem ter infestado outros hospedeiros, perpetuando assim a espécie”.

Isso é realmente perturbador, pois vejo nitidamente o que realmente acontece! Algumas pessoas são parasitas apenas durante uma fase do seu ciclo de vida, outras jamais deixaram de ser verdadeiros parasitas!

Contudo caros amigos, deixo a minha idéia, o meu conhecimento prático teórico e imaginário para que possamos crescer e dividir algumas experiências. Caso queiram falar sobre algo a respeito é só enviar um e-mail para:

Um comentário:

renato.sds disse...

O q t levou a escrever sobre parasitas? Mais eu gostei do texto. Ja sei o nome q eu vo chamar minha ex quando ela me ligar hushaushuasha.
Ae quer dizer entao q o fds num teve nada demais nao ne. IXI Q PALHA!!! Marcando com o povo ne net ne(6) kkkkk

Abraçao mlk

Postar um comentário

Sua opnião ajuda a formar a minha opnião! Pense nisso...

Pesquisa personalizada