quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Confissão

Você vive a sua vida normalmente como se nada tivesse acontecido. Mas você cometeu um erro naquela noite. Você cometeu um erro naquela tarde! Um erro que você julgaria imperdoável. Quando se acha necessário, aquilo que não convém a ninguém fica obscuro, mesmo que esteja bem debaixo do seu nariz. O erro foi registrado, foi visto, e quase descoberto... Motivo para preocupação é claro. Erros dessa estirpe seriam imperdoáveis! Mas TODOS esses erros foram válidos como uma forma de garantia futura. Ahhhhh, e agora estou colhendo os frutos desta sensação maravilhosa. Cometi os erros abomináveis a mim mesmo, mas sinto a felicidade de os ter cometido.
Que seja por aquela simples tarde naquele lugar especial, que seja naquela simples noite onde tudo era diferente. Atos marcantes fazem parte da perfeita imperfeição humana.
Sou homem e cometo erros!
Errei e gostei.

Um comentário:

Lailla. disse...

Muito obrigada por ter comentado no meu blog, vim retribuir! Adorei a parte que você fala "Cometi os erros abomináveis a mim mesmo, mas sinto a felicidade de os ter cometido", muito legal isso, vou até roubar...
kkkk, brincadeira, mas gostei mesmo!
xD

Postar um comentário

Sua opnião ajuda a formar a minha opnião! Pense nisso...

Pesquisa personalizada