sexta-feira, 19 de junho de 2009

CARTA PUBLICADA NO ESTADÃO

Estimado presidente, assisti na televisão, anteontem, o trecho de seu discurso criticando o Poder Judiciário e dizendo que V. Exa. e seu amigo Márcio, ministro da Justiça, há muito tempo são favoráveis ao controle externo do Poder Judiciário, não para 'meter a mão na decisão do juiz', mas para abrir a 'caixa-preta' do Poder. Vi também V. Exa. falar sobre 'duas Justiças' e sobre a influência do dinheiro nas decisões da Justiça. Fiquei abismado, caro presidente, não com a falta de conhecimento de V.Exa., já que coisa diversa não poderia esperar (só pelo fato de que o nobre presidente é leigo), mas com o fato de que o nobre presidente ainda não se tenha dado conta de que não é mais candidato. Não precisa mais falar como se em palanque estivesse; não precisa mais fazer cara de inconformado, alterando o tom da voz para influir no ânimo da platéia. Afinal, não é sempre que se faz discurso na porta da Volks. Não precisa mais chorar. O eminente presidente precisa apenas mandar, o que não fez até agora... Não existem duas Justiças, como V. Exa. falou. Existe uma só. Que é cega, mas não é surda e costuma escutar as besteiras que muitos falam sobre ela. Basta ao presidente mandar seu amigo Márcio tomar medidas concretas e efetivas contra o crime organizado. Mandar seus demais ministros exercer os cargos para os quais foram nomeados. Mandar seus líderes partidários fazer menos conchavos e começar a legislar em favor da sociedade. Afinal, V. Exa. foi eleito para isso. Sr. presidente, no mesmo canal de televisão, assisti a uma reportagem dando conta de que, em Pernambuco (sua terra natal), crianças que haviam abandonado o lixão, por receberem R$ 25,00 do Bolsa-Escola , tinham voltado para aquela vida (??) insólita simplesmente porque desde janeiro seu governo não repassou o dinheiro destinado ao Bolsa-Escola . E a Benedita, sr. presidente? Disse ela que ficou sabendo dos fatos apenas no dia da reportagem... Como se pode ver, Sr. presidente, vou tentar lembrá-lo de algumas coisas simples. Nós, do Poder Judiciário, não temos caixa-preta. Temos leis inconsistentes e brandas (que seu amigo Márcio sempre utilizou para inocentar pessoas acusadas de crimes do colarinho-branco). Temos de conviver com a Fazenda Pública (e o Sr. presidente é responsável por ela, caso não saiba), sendo nossa maior cliente e litigante, na maioria dos casos, de má-fé. Temos os precatórios que não são pagos. Temos acidentados que não recebem benefícios em dia (o INSS é de sua responsabilidade, Sr. presidente). Não temos medo algum de qualquer controle externo, Sr. presidente. Temos medo, sim, de que pessoas menos avisadas, como V. Exa. mostrou ser, confundam controle externo com atividade jurisdicional (pergunte ao seu amigo Márcio, ele explica o que é). De qualquer forma, não é bom falar de corda em casa de enforcado. Evidente que V. Exa. usou da expressão 'caixa-preta' não no sentido pejorativo do termo. Juízes não tomam vinho de R$ 4 mil a garrafa. Juízes não são agradados com vinhos portugueses raros quando vão a restaurantes. Juízes, quando fazem churrasco, não mandam vir churrasqueiro de outro Estado. Mulheres de juízes não possuem condições financeiras para importar cabeleireiros de outras unidades da Federação, apenas para fazer uma 'escova'... Cachorros de juízes não andam de carro oficial. Caixa-preta por caixa-preta (no sentido meramente figurativo), sr. presidente, a do Poder Executivo é bem maior do que a nossa. Meus respeitos a V. Exa... e recomendações ao seu amigo Márcio. P.S..: Dê lembranças a 'Michelle'.
(Michelle é cachorrinha do presidente que passeia em carro oficial)
Ruy Coppola, juiz do 2.º Tribunal de Alçada Civil do Estado de São Paulo, São Paulo
Nota: Respeitável postura e coragem do Juiz Ruy Coppola! É bom saber que no judiciário brasileiro existem servidores dispostos a trabalhar firme além de defender a nossa categoria!

18 comentários:

Mayara Karen disse...

Você e suas postagens gigantes Ryan...
Ah vc que é um fofo...
Beijoooo

Atreyu disse...

Pessoas como esse cara deveriam ganhar um prêmio!!!
Pq na grande maior parte a Indiferença Reina ;/

Renan Barreto disse...

bato palmas pra ele. o Cara foi foda!!!

Renan Barreto disse...

Ryan, meu amigo... Olha como as coisas sõ. O pior é que essa jogada política é coisa dos ministros e dos meios de comunicação. As empresas estão querendo isso pra pagar menos ao jornalista e usar como desculpa pra nepotismo...

Abração! E que não se espalhe pra profissão alguma...

Fabíola disse...

Ai, Deus!!!
Nosso "querido" presidente só paga mico!!!

Jay e Alê disse...

Ryan,
Meu amigo perfeito o post, eu tb bato palmas pra vc e pra quem tem coragem e postura ética. Como seria bom se o nosso Brasil fosse levado a sério. É uma vergonha, é um absurdo a pouco desclassificaram os jornalistas, em que país nós estamos, em que séc. vivemos... e chega de blá,bla. Muito bom mesmo. E quanto ao seu comentário no Ká entre nós, perfeito tb, além de legalmente amparado, pois vc tem condições pra isso, você tocou no cerne da questão. A perda de foco e objetivo principal do movimento. Daí onde eu tb não me orgulho do movimento e mais, lamento que uma expressão tão grande como a parada tenha se desviado e agora passa a servir ao sistema mídiatico e capitalista.
Bju querido e espero ver outro post tão bom quanto esse.
Preciso falar com vc hj ou amanha no msn sem falta. Vc me faria um favor do tamanho do céu?
Bju nosso.

≈ João Pé-de-Feijão ≈ disse...

Não vou comentar...Discutir isso é muito importante, mas não meto a mão em cumbuca.

kkkkkk

Beijosmeliga

Brasnetto disse...

Muito bom! Eu fico satisfeito quando vejo alguém meter a cara e falar a verdade!

Abraços, Ryan!

Luciano de Sálua disse...

Concordo em muitos, discordo em poucos. Mas apoio. Boa carta.

Caio Abreu disse...

Precisamos de "caixa preta" no Judiciário, no Legislativo, no Executivo e no chamado 4º poder tb (a imprensa)

Vc estava ontem em Vitória na rua da Lama naquele festival de musica que teve?

Abraços amigo. Bom finde!

Jay e Alê disse...

Ei amigo,
Obrigado por ter dito no comentário que se orgulha de nós. Sabe que gostamos de você né?
E kd aquele layout bonito do blog???
Bjus

Patrícia Kobayashi disse...

Como o povo do judiciario é extremamente ironico, adoro!!!
Mto bom o que o juiz falou, mas temos que ver a "caixa-preta" de todos os tres poderes, ai os podres iram realmente aparecer!

Obrigada pela visita ao Palavras Cruzadas. volte sempre que puder!
bjos
boa semana

Pedro Antônio disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Pedro Antônio disse...

Olá, Ryan!

O seu blog é muito bom, muito bom mesmo! Essa carta é sensacional! Como eu tenho antipatia deste país! Coisas absurdas acontecem, todo mundo fica sabendo, e... nada muda! Precisamos falar, denunciar... botar pra quebrar! Parabéns pela iniciativa!

Sobre as pessoas que magoam a gente... ah, uma hora elas vão ver só! (rsrsrsrsrsrs) Valorizemos quem ama a gente, né!?

Abração! Até!

Pedro Antônio - A TORRE MÁGICA

Cain Sodom disse...

^^ Obrigado pela visita! Da próxima vez te sirvo um chá... Enfim, sobre o post "prefiro não comentar...". Mas todos ótemos. Tb volto sempre... Como assim passou um dia dos namorados ruim? Vc tem namorado. Gosta dele... Passou longe? Enfim... vc é fofo! ^^

Larissa. disse...

Nossa, é muito bom ver que existem profissionais comprometidos nesse país. Ainda mais na Justiça brasileira.
Massa o post!
bjos
;**

Cain Sodom disse...

Oi belo! Então, resolvi te incluir num MEME. Passe no meu blog e confira. Bejim!

:: Fatima :: disse...

Oi Ryan...
Vou concoradr com algumas coisas,porem discordo de ouras!
O post e interessante,e seu blog muito legal,*

Passei tbem pra agradecer pela visita,tbem pelos comentarios nos ultimo dois posts!


Quanto ao post titulado.
'Segregacao ou protecao' Em que voce disse que era o mesmo assunto do blog do jay e Ale,discordo de ti,pois o assunto da parada gay,foi apenas o pontape inicial para meu post.Na verdade estava defendendo a criacao de alas especias pra gays,lesbicas etc.

E concordo ctigo quanto ao fato de que a parada gay,hoje em dia e distanciou um pouco de seu objetivo.Virou um ato comercial e em muitas vezes uma baderna!O proprio Ney matogrosso,gay e cantor maravilhoso,disse uma vez a uma entrevista,que e contra esse tipo de atos!Pois o verdadeiro motivo as vezes passa despercebido.

Obrigado por me linkar!
Te linkarei tbem.

BjoOos!

Postar um comentário

Sua opnião ajuda a formar a minha opnião! Pense nisso...

Pesquisa personalizada