quarta-feira, 27 de maio de 2009

O Comentário...

... fé, amor, perdão, sincerida... doutrina

A postagem se encontra no Blog do Caio!




Título do post: Anjos e Demônios.


Segue meu comentário abaixo. Acho mais que válido dividir com vocês...


Caio meu querido Caio. Hoje você abordou um tema EXPLOSIVO digamos. Tenho que deixar bem claro que entrei para a igreja cristã aos 8 anos de idade e saí aos 16 anos. Com o passar do tempo, acabei levando a minha família para igreja e atualmente sou o único que saiu. No desenvolver das minhas idéias e concepções [já que não se pensa muita coisa com 8 anos de idade] fui percebendo inúmeros fatores que contradizem com a respeitável palavra, intuito, razão, motivo, objetivo [chame como quiser] da vinda de Cristo na terra. É óbvio [na minha opnião] que as escrituras foram modificadas ao longo do tempo já que a religião era o maior, eu disse, MAIOR MEIO de força ou poder para se controlar uma sociedade. Até mesmo o REI, detentor de impérios se sentia de alguma forma intimidado com os representantes do divino poder. Hoje não mudou nada. Minto! Antes 99% do poder econtrava-se nas mãos dos católicos. Atualmente a igreja Católica está perdendo espaço como podemos acompanhar ano após ano. O fato que me intriga é a formação que temos e como isso pode prejudicar as nossas vidas. Será que Deus abominaria o homem por motivos a qual ele está alheio? Se ele deu o livre arbitrio eu acredito que pode nos julgar pelos atos escolhidos. E quando não há que se falar em opção, em escolha ou qualquer coisa do genero? Como explicar sentimentos inerentes ao homem desde a sua concepção? Ele prega amor e perdão... Mas que tipo de amor é valido? Deixaria eu de amar a deus por amar ao próximo de forma "diferente"? NÃO acredito. Acredito em Deus, no bem e no mal. Mas acredito também que todas as formas de amor são válidas e, assim como o alemão doidão lá... há de se queimar das nossas mentes algumas citações não condizentes com o objetivo maior: Alcançar a salvação atraves do bem.


=P


Abraço amigo

15 comentários:

Jason Waider disse...

Dear Ryan,

Realmente o post do Caio é explosivo. E acredito em Deus e muito, mas acho que religião não tem nada a ver com Deus. São duas coisas distintas. Mesmo assim eu não tenho nada contra religião alguma. Como pessoa no mundo, sou independente, dono de minhas decisões e tenho uma vida nada convencional. Errada? Certa? O que você acha? O que as religiões tradicionais falam sobre mim e meu namorado? Somos gays. Somos uma aberração? Sei lá. Na verdade eu e Alê não nos preocupamos com isso. Acredito sim que Jesus foi um homem extraordinário e que ensinou muitas coisas maravilhosas que se fossem observadas, levariam a humanidade a ser diferente. O mal está no coração do homem e Deus ou Jesus não pode mesmo mudar isso, talvez não por que não tenham poder, mas porque se assim o fizessem nos transformariam em fantoches, comos os padres, pastores e líderes religiosos insistem em fazer com seus seguidores.
E acredito que um Jesus que ensinou a amar e perdoar, se negaria absolutamente se ele não perdoar e amar acima de qualquer coisa. Será que por eu AMAR um filho dele tão intensamente eu serei condenado?
Sabe Ryan, condenar é humano, perdoar é divino. Amar é divino. E odiar e julgar é humano. Eu prefeiro o que é divino àquilo que é humano.
Ótimo post!
Bjus meus e do Alê.

Ricelly Gama disse...

Caraca, esse assunto rende, mas nem vou falar o que eu acho pq eu concordo contigo, só não sei se usaria as mesmas palavras mas em resumo é isso: acredito em Deus mas acho que ele não interefe na vida da gente, é a parada do livre arbitrio. Abraço!

Bertonie disse...

Esse assunto sempre rende pacas. Cabe a cada um sua interpretação. Mas mesmo assim, a Bíblia Sagrada - mesmo que muitos livros de muitos autores foram tirados dela - é bem clara em relação a tudo que é 'mal'. A Bíblia é clara até demais, nua e crua, a literatura mais fácil de se ler e mais difícil de se refletir. No próprio nascimento de Jesus Cristo, que é a história mais revolucionária da humanidade, ela não revela detalhes, pessoas que participaram do parto, tamanho do estábulo - um estábulo super apertado? Um estábulo um tanto espaçoso? -, objetos importantes... NADA! Apenas diz, "Jesus nasceu do ventre da mãe virgem Maria". Só. e só pra situar, a Bíblia em momento algum relata santidade e virgindade eterna de Maria. Ela era uma mortal, mas uma mortal que fazia a diferença, não uma santa. Mas voltando, eu creio que não existe negócio de "Ah, eu acredito em Deus, mas Ele diz que não podemos fazer isso, mas eu gosto disso, é a vida que eu quero, e acho que Ele não se importa mesmo, né?!". Pra mim quando uma pessoa crê em Deus, Jesus Cristo e no Espírito Santo, ela tem que crer em TODA a sua palavra. Não na metade. Ele nos deu o livre arbítrio realmente, podemos fazer a loucura que quiser da nossa vida, mas Ele deixa claro que toda ação tem uma reação, tudo que fazemos tem uma consequência, e que, de uma forma ou de outra, sofreremos essa consequência. Claro que Ele não vai te amaldiçoar por você não ser como Ele diz na Bíblia - que mesmo sendo escrita por meros tão mortais, foi Ele quem escreveu, ao menos assim eu creio -, como fez com as pessoas na Antiguidade. Não, esse tempo já passou - ao menos para mim. Na nossa morte, proveniente de Sua mão, no tempo e na hora certa, ele conversará com cada um de nós e nos colocará num tribunal. E o advogado só intercederá ao nosso favor se nós tivermos divulgado Sua palavra aqui na Terra, independentemente de nossas boas ações. Claro que fazer o bem é uma obrigação nossa, mas não nos salvará por completo. Pelo menos é o que está escrito na Bíblia. Não acho que ninguém deveria ser condenado por ninguém aqui na Terra por suas escolhas, opções. Nenhum mortal tem moral nenhuma pra fazer isso. Podemos amar quem bem entendermos, mas seremos condenados sim se esse 'amor' não for obra divina. E qualquer distorção da Palavra, mata o Deus que a dita.
Bom, pra você tudo que eu falei pode não ter passado de uma idiotice sem fundamento em uma linguagem com um fundo preconceituoso, mas é o que eu creio e o que está escrito na Bíblia. E opinião é opinião...
abraços

Philip Rangel disse...

Amigo..esse assunto rende muito mesmo...muito dificil e complicado falar em religiao...nao temos freio nela ne..o que falams pode acabar maguando os outros...acredito sim em Deus...sou catolico.....e nao passo por cima de ninguem pra ganha algo ou comparar algo..Deus para mim é so um......e pronto....com nomes..tipologias diferentes....
devemos parar muitas vezes de ganha dinheiro as custa dos outros...ja vi na minha casa a senhora q ajuda minha mae na faxina dizer que tira 10% do salario dela para a igreja evangelica..nao abono a catolica pq tem dizimo mas obriga isso é so contra ne....

muito boa sua abordagem...

abraçao..e o blgo mudando a cara ne...
depois tenho q fala com vc..

abraçao

Marina Melow disse...

Eu li o post do Caio, muito bom. Ele falou tudo.
Como eu disse a ele, sou católica não praticante, a igreja prega um monte de coisas, que cá entre nós, acho uma grande baboseira, então não vou seguir algo que eu não estou de acordo.

Beijos!

Jason Waider disse...

Meu amigo Ryan,

Sabe de uma coisa? Sempre haverá alguém que só consegue ver o que quer ver. E quem só consegue acreditar no que os outros dizem. Acham que entendem de livre-arbítrio, mas seguem o arbítrio dos outros. Tenho certeza que vc me entende. Depois vou escrever um post sobre livre arbítrio. Esse assunto de religião rende muito,e é muito bom que possamos dialogar sobre isso com maturidade. Parabéns pelo post e obrigado por compartilhar comigo e com o ALê de seu mundo em construção.
bju!
ah por fim, outro dia vc pediu para usar uma parte de um post meu, nem sei se eu disse SIM, se não disse estou dizendo agora ok?
See you!!!
Jason

V. Martins disse...

Ai, gente. Comecei a digitar um comentário aqui e apaguei tudo umas 3 vezes.
Complexo demais.

Concordo em pastes com o Jason, em partes com o Bert, mas prefiro discutir isso quando eu passar dos 30, e já tiver vivido bastante, sei lá :B

~{★daniєlvictσя} disse...

"Acredito em Deus, no bem e no mal. Mas acredito também que todas as formas de amor são válidas e, assim como o alemão doidão lá... há de se queimar das nossas mentes algumas citações não condizentes com o objetivo maior: Alcançar a salvação atraves do bem."

Não consigo pensar difenrente.
Concordo em gênero, número e grau com tudo o que foi dito por vc, Mr. Ryan!

Ahh, o layout ficou lindão! ^-^
Forte abraço!

Marina Melow - Papo Contemporâneo disse...

Você é de Linhares ou Vitória?
Já ouvi falar das duas cidades, a primeira infelizmente, me faz ter recordações não muito boas..
Pois bem, há uns três anos atrás a passagem aqui era R$ 1,30. Muito barato a passagem aí, mas em compensação, a passagem pro Rio aqui é R$6,00 :P

Patrícia Kobayashi disse...

Bom, não prefiro comentar...
Esse assunto rende mto e cada um tem sua opinião, só acho q devemos respeitar a todos mesmo se não concordamos com alguma coisa.
A falta de respeito é q gera guerras...
bjos
bom fds

Daniel Braga disse...

Olá, obrigado por visitar meu blog, seu comentário é significante.

~O Seu blog é bem atrativo.. voltarei mais vezes aqui. Até a próxima.

*DB*

Jason Waider disse...

Oooops!!! Aí que fora ein.... eu nem pra perceber que só podia ser isso mesmo...Notícias do meu mundo hhhauhuahuahauhau. Mr. Ryan o poderos dono do mundo kkkkkk. Valeu pelo tok! Mas ficou show de bola o novo layout, parabéns mesmo. Ah quisera eu saber fazer um layout diferente pro meu blog tb. Mas uma hora dessas eu ainda vou fazer um cursinho de .... hehehehehe deixa pra lá.

E por fim, mesmo vc me devendo kkkkk por aquele tal selo stefhanny >>>> Premio pra voce !!! Passa lá no meu blog e pega!
Abraço e bom fds :D)!

Annie Manuela disse...

Eh religião é um tema bem delicado, eu sou evangélica, mas tenho minhas concepções. Alguns me criticam, mas o que importa eh a minha fé em Deus. Só Ele pode me julgar...

Ps. Adorei o novo layout, lindo lindo!

Bjks.

Caio Abreu disse...

Esse assunto rende mesmo ne amigo? Por mais que se discuta, as vezes a impressao que tenho é que nunca se chegará a lugar algum ou um consenso... muitas pessoas respondem de maneira feroz qd questionamos a religiao. Acho que por medo dela descobrir que o que ela sempre acreditou a vida toda, pode não ser tão verdade absoluta assim...

Daniel Savio disse...

Acho que o pessoal descute muito o que pode, ou não, estar errado, mas muito pouco fazem valer o que é certo (amar o próximo, não matar e etc)...

Fique com Deus, menina Ryan.
Um abraço.

Postar um comentário

Sua opnião ajuda a formar a minha opnião! Pense nisso...

Pesquisa personalizada